Pedofilia (parte III): antecedentes ocultistas do “orgulho gay” e da pedofilia

1
Aleister Crowley
Anúncio:

[Primeira parte do artigo publicado originalmente na primeira edição da Revista Estudos Nacionais (dezembro/2017), revisado e aumentado em 13/08/2019]
Como vimos nos artigos anteriores, Afred Kinsey é, sem dúvida, o mais característico ideólogo do que hoje chamamos de Ideologia de Gênero e defesa da pedofilia. Ele afirmava, valendo-se de Freud, que a sexualidade infantil era, também, reprimida. Para comprovar isso, Kinsey teria se servido da metodologia dos abusos sexuais, cometidos de modo continuado com mais de 300 crianças menores de dois meses, em sessões que chegavam a durar mais de 24 horas. Não por acaso, Kinsey era discípulo de Aleister Crowley, um satanista e adepto da magia sexual, que recomendava a seus seguidores que relatassem seus experimentos sexuais, especialmente com crianças.

Já nem mais se discute, na atualidade, a adoção de crianças por "casais" gays ou famílias a...

Anúncio:

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: