Anúncio:

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, afirmou que o órgão identificou desvios de recursos públicos que seriam utilizados para combater a pandemia, o montante inicial é de R$160 milhões, mas deve aumentar de acordo com o ministro. O termo “covidão” foi cunhado por Roberto Jefferson (PTB) ao denunciar o futuro escândalo de desvios de dinheiro público que aconteceria tão logo governadores e prefeitos recebessem somas milionárias para combater o vírus.

“Identificamos muitos casos de corrupção em Estados e municípios”, disse Wagner Rosário durante entrevista ao programa Direto ao Ponto da rádio Jovem Pan, na segunda-feira (24). Afirmou ainda que é necessário a ampliação do escopo da CPI da Covid-19 que tem se limitado à gestão federal. “Me parece que o foco da CPI tem sido muito a gestão federal, mas nós sabemos que não é simples, envolve muita gente”, amenizou o ministro.

Anúncio:

A CPI da Covid segue o curso que teria quando Omar Aziz (PSD), Randolfe Rodrigues (REDE) e Renan Calheiros (MDB) assumiram os postos de comando da Comissão, indicando que o processo de investigação legislativa acabaria por ignorar temas mais importante como tratamento precoce, vacinas experimentais e desvios de verba pública feito por governadores e prefeitos. Renan Calheiros é pai do governador de Alagoas, Renan Filho.