Anúncio:

O painel da Vigimed, serviço de notificações de reações adversas de medicamentos da Anvisa, informa 207 notificações de óbitos associados a todas as vacinas para Covid-19, aprovadas em caráter experimental. Esse total corresponde às vacinas contra Covid cadastradas no sistema da Anvisa, sendo a da AstraZeneca e a Coronavac. Além das notificações de óbitos, há ainda 3.007 eventos adversos suspeitos de causalidade por vacinação para Covid, em todo o país, de acordo com o painel.

Do total das notificações, 36% são consideradas graves e 34% não graves, além de 50% que não tiveram a gravidade informada. As mortes representam 6,88% das notificações feitas sobre toda as vacinas disponíveis no sistema.

Anúncio:

A faixa etária das notificações é liderada por pessoas entre 18 e 44 anos, com 51,11% das notificações, seguido por pessoas entre 45 a 74 anos, que correspondem a 29%. Os maiores de 75 anos fizeram 11,54% das notificações à Anvisa. A cidade com maior número de notificações informadas foi São Paulo, com 617 informes, mas a maior parte das notificações não informa a região.

Associados às vacinas para Covid, o painel informa dois casos de aborto, 20 casos de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico e 16 casos de embolia pulmonar, além de mais de 1.600 casos de distúrbios do sistema nervoso. Entre os dados apresentados de notificações por gravidade, encontram-se 139 casos de “incapacidade persistente ou significativa” e 370 casos de hospitalização e internação prolongada.

O painel informa que há ainda 575 casos em recuperação, em um total de 1.359 recuperados, sendo que destes 38 tiveram sequelas.

Em sua maioria, as notificações do painel são feitas por profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e farmacêuticos. Apenas 29% feito pelo próprio consumidor da vacina ou outro não profissional da saúde e 50 foram feitas por advogados.

Desde o início da vacinação, portanto, foram feitas 3.007 notificações de reações adversas. Distribuídas ao longo dos primeiros meses de 2021, o mês de janeiro possui o menor número, com apenas 66 notificações, sendo fevereiro o mês com maior número de informes sobre reações e óbitos (906 casos), seguido por abril (815) e março (561). O mês de maio conta já com um total de 662 notificações.

O sistema da Vigimed possui cinco produtos cadastrados como “vacina covid”, sendo duas da Astrazeneca, duas Coronavac e uma chamada apenas como “Covid-19 Vaccine”. Não há informação sobre se há duplicidade de notificações e o número informado foi a soma de todas as notificações dos produtos cadastrados que correspondessem a vacinas e covid. O período de notificações corresponde ao dia 1/01/2021 a 16/05/2021.