Linguagem neutra: escolas da Austrália abandonam palavras como “mãe” e “pai”

0
Getty Images
Anúncio:

Escolas em Melbourne, na Austrália, estão sendo encorajadas a abandonar palavras que denotam “gênero” no cotidiano.

A organização North Western Melbourne Primary Health Network tem se dedicado a uma campanha de encorajamento para que escolas na cidade hasteiem bandeiras LGBT nos prédios, disponibilizem banheiros unissex e redefinam a língua, extirpando palavras que deixam traços de gênero – principalmente do masculino.

Anúncio:

Assim, verbetes da língua inglesa como “boyfriend” (namorado) devem ser substituídos por “partner” (parceiro). Nem o tradicional “mum” (mãe) e “dad” escaparam da patrulha ideológica, que demanda agora sejam repostos por “parents” (pais, no sentido genérico), informou o Daily Mail.

Chris Carter, CEO do North Western Melbourne Primary Health Network, disse que a campanha tem como meta o fortalecimento do movimento LGBT: “o simples ato de mostrar abertamente apoio pode ser um catalisador para uma grande mudança para melhor e muitas vezes são os momentos menos óbvios que podem ter mais impacto para o bem-estar de alguém.”

A política de gênero neutro já tem se tornado realidade em algumas escolas australianas. Colin Bourke, professor na escola Elevation Secondary College in Craigieburn, em Melbourne, adiantou que banheiros sem gênero e a retirada de alguns sinais de “meninos” e “meninas ” estão em pleno curso em seu local de trabalho.