Presidente do Uruguai se manifesta contra lockdown no país: “não somos a favor do confinamento”

0
Luis Lacalle Pou (Foto: El American)
Anúncio:

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, disse ontem que se opõe ao confinamento compulsório da população, batizado como lockdown e que restringe pesadamente a atividade econômica dos países que aderem a ele. A informação é do El American.

“Não somos a favor do confinamento total ou da quarentena obrigatória. Recebemos incentivos suficientes para aplicá-lo, recusamos e continuamos nisso porque já se trata de uma questão muito mais de princípios do que de prática”, falou Luis em uma coletiva de imprensa em que estavam presentes também os principais membros de seu governo, na capital Montevidéu.

Anúncio:

A fala de Luis, favorável à liberdade e em detrimento de coerções estatais draconianas, veio no mesmo instante quando o presidente reconheceu que a situação da pandemia de coronavírus (COVID-19) no Uruguai é grave.

“A situação é outra, o número de casos é bem maior, a gente tem uma cepa (P1) muito potente na penetração e no contágio, uma situação complexa do sistema de saúde que pressiona o ITC (terapia intensiva), mas ao mesmo tempo o Uruguai avançou na vacinação”, afirmou Luis.

Junto ao compromisso com a liberdade da população, Lacalle Pou registrou que o governo uruguaio tem se esforçado para aumentar os leitos de UTI no sistema público de saúde e comprar respiradores.