Anúncio:

A notícia do jornal Diário Catarinense, do grupo NSC, repercutiu com estarrecimento nas redes sociais. Em tom de denúncia, o jornal endossou as críticas feitas contra uma médica gaúcha que foi afastada do hospital após descumprir o protocolo interno da instituição: ela fez uma nebulização de hidroxicloroquina em um paciente, o que terminou salvando a vida dele. Assim como o afastamento da médica, a matéria, que representa a perseguição vivida por médicos que salvam vidas, foi recebida com espanto por internautas nesta terça-feira (23). O entendimento é de que a médica foi de fato afastada por ter salvado a vida do paciente, função essencial da atividade médica.

A matéria “Médica que aplicou nebulização de cloroquina em pacientes em UTI será investigada” recebeu enxurrada de críticas nas redes sociais.

Anúncio:

O testemunho do paciente impressionou internautas em um vídeo que circula nas redes sociais, em que ele narra a melhora quase instantânea ao uso do medicamento que vem sendo combatido por jornais e entidades médicas. A matéria do Diário Catarinense traz à luz o fanatismo dos grandes grupos contra a população, entendimento que vem se sedimentando após ostensivo combate a todas as soluções para a pandemia que não passem pela vacinação experimental defendida por empresas farmacêuticas internacionais.

Nos mais de 800 comentários à postagem da notícia, no Facebook, a esmagadora maioria é em defesa da médica Eliane Scherer, que colocou a vida do paciente à frente do protocolo do hospital e pôs em risco o próprio emprego em favor da missão de salvar vidas.

A matéria, copiada da Agência Folhapress, repete a crítica feita pelo hospital, de que a médica se utilizou de procedimento experimental e sem comprovação científica. Não há menção à situação atual das vacinas contra Covid-19, todas em caráter experimental e com eficácia garantida pelas próprias empresas fabricantes, autorizadas no Brasil graças à suposta inexistência de tratamento precoce para a doença.

Assim como Scherer, centenas de médicos pelo país vêm sendo perseguidos por colocarem a vida dos pacientes em primeiro lugar, muitas vezes colocando suas carreiras e empregos em jogo.

Confira alguns comentários da postagem nas redes sociais:

Pq punir?? Ela matou alguém?? E não tem comprovação científica?? E oq é q tem comprovação?? É pq se algum medicamento tiver , ninguém está sabendo, portanto a médica está certa tem q tentar salvar vidas,e ao invés de elogiarem ela por tentar ficam criticando.. parabéns para está Dr q está tentando salvar vidas.

Se o paciente fosse um político se tentaria de tudo, essa médica é A MÉDICA, honrou seu juramento. Tudo o que a imprensa for contra é porque funciona, a meta de vocês é criar o caos matando o maior número de brasileiros e os jogando na pobreza. Vocês deveriam ser punidos.

Ela tá certa é médica se não existe remédio pro vírus ela tem que tentar salvar com qualquer coisa pois sabe que tem que tentar de tudo pra tentar salvar ou tenta ou deixa morrer .

Prejudicou algum paciente????se foi eficaz sem comprovação científica parabéns para ela…… porque não tentar salvar seus pacientes com um protocolo novo desde que não seja prejudicial, tá valendo. É incrível, o povo come e bebe tanta porcaria que faz mal a saúde com comprovação mas a medicação não pode porque a “máfia farmacêutica” não aprova. Acorda povo …….vale tudo para tentar salvar a vida……se fosse alguém da sua família e tivesse a possibilidade de dar certo e salvar a vida vc não deixaria usar ??????

É o poste mijando no cachorro, se tenta salvar vidas é punido, melhor seria mandar pra casa com dipirona, e mandar voltar só qdo estiver com falta de ar.

Se seguir o protocolo OMS vai morrer muitas pessoas ja foi comprovada que a cloroquina ja salvou muitas pessoas.

A notícia deveria ser: “paciente reage a tratamento experiemental aplicado por médica e sobrevive”.

Jornaleco sempre pregando desgraça estamos numa guerra contra o vírus incentivem quem está tentando ajudar a salvar vidas se ajudou palmas pra ela.

O certo é tratar com Dipirona… deixar morrer. Aí o médico não é prejudicado. O ignorância

Ela está muito certa diante de seu juramento SALVAR VIDAS,mas com certeza se morrer não ganharam as verbas em relação ao covid, isto está virando uma verdadeira venda de vidas um absurdo pois não se morre mais ninguém de outra doença.

Deveria ganhar uma medalha e reportagens em todos os jornais, mas em vez disso é punida,só nesse país mesmo por e outras q temos tantas mortes. Eu tive covid e tomei um coquetel, inclusive a cloroquina, isso porque tive condição d procurar um médico particular, se dependesse d médico da UPA talvez não estaria mais aqui, pois ele mandou esperar até ter falta de ar, e disse q não existia remédio p covid.

Se tivessem liberado a cloroquina e não ficassem com essa guerra maldita política..teriam salvado muitas vidas… eu mesma fiz o uso quando peguei covid.. estou aqui…se ela fez para salvar vidas. Porq ser punida??

Quem salva vidas perde emprego… Esse país virou piada de mau gosto! 🤬O certo é dipirona e volta pra casa e boa sorte! Se não for cura divina não tem jeito. #dcjornaleco