Anúncio:

O Governo Federal enviou um total de R$ 13 bilhões para conter a crise sanitária do estado do Amazonas, sendo R$ 8 bilhões ao Estado e municípios e outros R$ 2,3 exclusivamente à cidade de Manaus e outros R$ 3,17 para auxílio aos cidadãos. O estado enfrenta grave crise sanitária devido falta de equipamentos, incluindo oxigênio para os pacientes de Covid-19.

No apoio ao Estado, o Governo Federal utilizou seis aeronaves C-130 Hércules para transportar oxigênio à capital, insumo escasso devido a dificuldades logísticas da região. As aeronaves transportam também 50 toneladas de equipamentos para instalar um hospital de campanha. Um dos aviões já chegou a Manaus na manhã desta sexta-feira.

Anúncio:

O presidente Jair Bolsonaro informou essas medidas em seu perfil no Facebook, na manhã desta sexta-feira (15).

Comentando sobre os esforços do Governo para ajudar na crise de Manaus, o presidente citou a decisão do STF que tirou do Governo Federal os meios de conter o avanço do vírus no país, “foi tirado de mim o poder de falar sobre pandemia, o STF disse que a responsabilidade de lockdown […] é exclusiva de Estados e municípios […] respeitei a decisão”, disse o presidente.