Anúncio:

O Google removeu, neste sábado (09), a rede social Parler de sua loja de aplicativos.

Segundo a Google, a rede social voltará a ser disponibilizada se políticas de moderação “mais robustas” forem implementadas. Com a medida, o Parler foi automaticamente deletado de todos os celulares com sistema Android.

Anúncio:

Na declaração, o Google afirmou: “à luz dos acontecimentos urgentes de ameaça à segurança” o Parler está suspenso da Play Store até que novas políticas de moderação sejam implementadas.

O banimento do aplicativo aconteceu no mesmo dia em que a Apple ameaçou bloqueá-lo pelos mesmos motivos. Se ambas empresas bloquearem o app, veremos o Parler sendo deletado de praticamente todos os telefones celulares do mercado.

O Parler é uma rede social alternativa aos usuários que desejam comunicar-se livremente, sem que as grandes corporações deletem ou censurem comentários que desagradem seus donos ou funcionários. Medidas de moderação “mais robustas” fariam a ferramenta perder seu diferencial de mercado e função social.

No mesmo dia deste bloqueio, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve sua conta do Twitter banida indefinidamente, como também a conta oficial da presidência da república (POTUS).

A censura ao aplicativo que foi criado como alternativa à censura dos grandes grupos ocorreu após a ocupação ocorrida no Capitólio, em Washington. Estes eventos vêm sendo classificados como um levante de grandes grupos contra a liberdade de expressão das redes sociais, vista como “ameaça à democracia”.