Anúncio:

Thiago Melotti

Nesta quinta-feira (19), por 82 votos a favor, 18 contra e 7 abstenções, o Senado do México aprovou a legalização da maconha para todo tipo de uso no país.

Anúncio:

O presidente Andrés Manuel López Obrador, que defende o livre uso da maconha pelas pessoas como parte de sua "estratégia de combate ao crime organizado", tem apoio do Movimento para a Regeneração Nacional (Morena), que compõe o governo. Seus aliados contam com a maioria nas duas Casas Legislativas, o que deve garantir a aprovação.

A lei ainda será submetida à Câmara e depois será sancionada pelo presidente Obrador.

Se aprovado, o México se tornará o terceiro no mundo a liberar a maconha para as pessoas consumirem, após Uruguai e Canadá. O México, porém, seria o maior mercado mundial legalizado.

A iniciativa proposta pelo Morena inclui, entre outros pontos, a criação do Instituto Mexicano para a Regulação...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: