Anúncio:

Os "checadores" da Agência Pública (Apublica.org) publicaram um texto que pressiona órgãos do Governo Federal para discriminar fontes de notícias não alinhados a grandes grupos de comunicação. Após a publicação, o Exército se pronunciou em resposta aos "checadores". Os sites alvo do texto são os mesmos que vêm sendo perseguidos pelo grupo anônimo internacional Sleeping Giants.

Na reportagem, a agência traz a justificativa do Exército, que respondeu à pressão feita pela "agência de checagem", o que comprova que a publicação teve impacto junto ao órgão.

Anúncio:

A Agência Pública em sua página "apublica.org/transparencia", revela sem receios seu financiamento institucional da Ford Foundation e da OAK Foundation, sediadas nos EUA e Suíça, respectivamente.

Na narrativa da "agência de checagem", o fato de órgãos de Estado usarem informações de sites não esquerdistas faz parecer ato ilícito o...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: