Força Aérea do Reino Unido anuncia que somente usará pronomes de “gênero neutro”

“Todos os funcionários são encorajados a garantir que abordem indivíduos de acordo com seus pronomes escolhidos. O compartilhamento aberto e transparente de pronomes escolhidos é encorajado para todos os colegas da força de trabalho”, afirmou Força Aérea do Reino Unido.

3
Hulton Archive/Getty Images
Anúncio:

A Força Aérea do Reino Unido, a temida RAF (sigla em inglês), que foi protagonista na defesa do território inglês contra os bombardeios alemães na segunda guerra mundial, anunciou um upgrade para o século XXI e agora só usará vocabulários de “gênero neutro” dentro da corporação.

Um representante da RAF, informou o Breitbart, disse que a força “promove ativamente a diversidade e inclusão em todas as suas fileiras de várias maneiras e que o compartilhamento aberto e transparente de pronomes escolhidos é uma maneira de sermos um empregador inclusivo.”

Anúncio:

Palavras da língua inglesa, aplicadas à realidade da aviação militar britânica, como “aircraftman”, serão substituídas por palavras como aircraft-Per, apagando o sufixo “man” que denota o gênero masculino.

Outra mudança que também ganha espaço é a permissão de outros tipos de penteado e adereços, como tranças no cabelo e uso de turbantes.

“A RAF revisou sua política de cabelos para manter altos padrões de aparência, ao mesmo tempo que inclui diferentes tipos de cabelo e para refletir a sociedade que tem a responsabilidade de proteger”, explicou o porta-voz da RAF.

Há alguns meses, a marinha do Reino Unido já tinha seguido o mesmo caminho. Palavras que tivessem “man” em sua composição seriam completamente reformuladas.