Baseado em decisão do STF, outro traficante pede liberdade à Corte.

1
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Anúncio:

O traficante Gilcimar de Abreu, ‘colega de profissão’ de André Rap, requereu sua liberdade baseando-se na decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) que soltou o traficante que hoje consta na lista da Interpol.

Segundo trecho do pedido de sua advogada, Ronilce Marciel de Oliveira, “o requerente, sob o aspecto fático e jurídico encontra-se em situação idêntica ao paciente André Oliveira Macedo”.

Anúncio:

Em entrevista à CNN Rádio, na terça-feira (13/10) Marco Aurélio explicou que a decisão que soltou André do Rap foi baseada no texto da lei.

“Está em bom português no código de processo penal que a prisão preventiva dura por 90 dias”, justificou o ministro. O traficante estava preso desde o fim de 2019.

Ao ser questionado pelos jornalistas sobre o fato da advogada de André do Rap, Ana Luísa Gonçalves Rocha, ser sócia de um ex-assessor do magistrado, o ministro se irritou e desligou o telefone na cara dos apresentadores do noticiário. “Isto é injúria, encerrou-se a entrevista!”

A CNN apagou o post que mostrava o momento que o ministro desliga o telefone na cara da repórter. Assista: