Joe Biden comete outra gafe e diz que 200 milhões de americanos morreram de COVID

0
Drew Angerer/Getty
Anúncio:

Joe Biden, o candidato democrata à presidente dos Estados Unidos, adicionou outra gafe em seu histórico ao comentar o número de óbitos por coronavírus (COVID-19), no último domingo.

“Se Donald Trump continuar nesse caminho, as complicações do COVID-19, que estão bem além do que deveriam ser – estima-se que 200 milhões de pessoas morreram – provavelmente quando eu terminar esta palestra”, disse ele num comício da campanha.

Anúncio:

A população dos EUA é estimada em aproximadamente 328 milhões de pessoas, o que significa que quase dois terços da nação teriam morrido da doença até agora, se a confusão verbal de Biden fosse verdade, notou a Fox News.

Não é a primeira vez que Biden tropeça nas palavras e comete uma gafe. O candidato democrata tem sido constantemente questionado por opositores quanto a sua sanidade mental.

“As pessoas não têm emprego, não sabem para onde ir, não sabem o que fazer”, disse ele em junho, comentando sobre a pandemia. “Agora temos mais de 120 milhões de mortos de COVID.”

Semana passada, em um comício direcionado aos eleitores hispânicos, Joe Biden tentou agradá-los quando entrou no palco para discursar, pegando seu celular e tocando a música “despacito” no microfone. A cena viralizou pelo ar cômico de constrangimento que causou: