Como bilionários brancos estimulam racismo no Brasil em favor da esquerda

0
Anúncio:

Os milionários mundiais, junto da esquerda de todos os países, promovem o racismo há décadas com a desculpa da proteção de vulneráveis. Ao mesmo tempo, em seus princípios elitistas, a luta contra a pobreza deve ser feita pelo aborto e controle de natalidade e o sofrimento de populações pobres é explorado ao máximo por suas campanhas de marketing.

O caso da rede de lojas Magazine Luiza, que protagonizou um espetáculo de ódio racista ideológico ao restringir somente aos negros a seleção para funcionários da empresa, é uma amostra do quão longe pode ir o cinismo dinheirista de grandes grupos quando o assunto é agradar entidades internacionais representadas pela grande mídia a partir de seus códigos politicamente corretos.

Anúncio:

Praticamente não havia debate sobre racismo no Brasil antes da checada da Fundação Ford no país, em 1962. Pelo menos o debate não tinha a mesma carga vingativa trazi...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: