EUA: conselho escolar insinua que pais que usam “homeschooling” são supremacistas brancos

0
AMELIE-BENOIST / BSIP
Anúncio:

O Conselho Escolar de Denver, capital do estado americano do Colorado, elaborou uma carta recentemente em que desencoraja pais de usarem homeschooling ou professores privados em tempos de pandemia de coronavírus (COVID-19), quando a maioria das escolas estão fechadas. A matéria exclusiva é do Washington Examiner.

“Estamos profundamente preocupados com as implicações negativas de longo prazo dos pods [pequenos grupos de estudo desvinculados da educação estatal tradicional] para a educação pública e a justiça social”, diz a carta. E vai além no apelo:

Anúncio:

“Queremos encorajar fortemente nossas famílias a manter a conexão que têm com sua escola e educadores. As famílias que não se sentem confortáveis com o envio de seus alunos para aprendizagem presencial quando disponível são incentivadas a se inscrever em nosso Programa DPS Virtual. Isso os manterá matriculados na escola atual e conectados aos educadores que conhecem suas necessidades de aprendizagem e apoio. E na maioria dos casos, o Programa Virtual será ministrado por professores de sua escola. Também é importante reconhecer o impacto de cancelar a matrícula de crianças em suas escolas e/ou contratar professores particulares. Estamos profundamente preocupados com as implicações negativas de longo prazo dos pods para a educação pública e a justiça social.”

A carta também insinua que os pais que têm pouca fé na educação estatal e tiram seus filhos dessas escolas são “brancos” que contribuem com a “segregação” operada no ensino público.

Sabemos que Denver tem um histórico de segregação escolar causada pela fuga dos brancos e famílias mais ricas do distrito, critica a carta. “Embora hoje nosso corpo discente seja diverso como nunca, nossas escolas e comunidades sofrem com a segregação. Tememos que a fuga exacerbe as lacunas acadêmicas e de oportunidade entre nossos filhos.”

A secretária de educação dos Estados Unidos, Betsy DeVos, soube do caso e afirmou que os pais que podem estar criando grupos de aprendizagem privados estão claramente ameaçando “o sistema” e o fluxo constante de dólares dos pagadores de impostos para ele.