Abertura de comércio e fechamento de igrejas expõe critério de governador da Califórnia

0
Foto de VALERY HACHE / AFP
Anúncio:

No sábado de manhã (12), a edição de fim de semana da National Public Radio (NPR) exibiu uma história sombria sobre como a Catedral Católica do Santíssimo Sacramento, em Sacramento, está celebrando missas em um beco de concreto com o padre celebrando em uma escada de incêndio. Este é o estado das Igrejas enquanto o comércio é aberto.

A repórter Pauline Bartolone, em entrevista com Susan Abraham, apresentou um argumento para estender o novo regime de adoração ao ar livre:

Anúncio:

PAULINE BARTOLONE: Susan Abraham é reitora da Escola de Religião do Pacífico na Bay Area. Ela mesma é católica e diz que a pandemia é um bom momento para repensar todos os tipos de práticas espirituais.

SUSAN ABRAHAM: Não sou fã de fetichizar nenhum santuário ou espaço sagrado em particular como um lugar mais puro de santidade. Estou disposta a dizer, como uma católica com uma compreensão ampla, que a santidade é mais do que aquilo que os seres humanos podem querer compreender.

BARTOLONE: Durante a missa atrás da catedral de Sacramento, alguns paroquianos se ajoelharam no cimento enquanto adoravam. Maria Balakshin disse que, de certa forma, é ainda mais espiritual assistir à missa ao ar livre.

MARIA BALAKSHIN: Para mim, pessoalmente, é mais íntimo. Eu sinto que as pessoas que estão aqui são realmente cristãos verdadeiros que querem praticar sua fé.

Havia algo mais faltando na história da NPR.

Em 31 de agosto, o governador Gavin Newsom permitiu operações internas para empresas do condado de Sacramento (mas não igrejas):

  • Salões de cabeleireiro e barbearias
  • Todo o varejo (25% da capacidade máxima)
  • Shopping centers (shoppings, centros de compras, pontos de troca, exceto praças de alimentação e áreas comuns) capacidade máxima de 25%

Por que as igrejas são menos importantes do que as empresas? Ao que parece é mais fácil se contaminar indo à Igreja do que comprando sapatos. Ninguém na NPR questionou.

A NPR também ignorou um grande protesto cristão evangélico contra as restrições religiosas no último domingo (13), no edifício da capital do estado, em Sacramento. O ativista cristão Sean Feucht continua demonstrando como a mídia tem um padrão duplo a favor da esquerda no coronavírus.

*Com informações da Lifesitenews