Jornalista do New York Times chama pessoas brancas de “demônios bárbaros” em carta

4
Nikole Hannah-Jones (Arturo Holmes / Getty)
Anúncio:

A jornalista Nikole Hannah-Jones, do New York Times, admitiu que escreveu, quando tinha 19 anos de idade, uma carta que chamou a “raça branca” de “demônios bárbaros” e “sugadores de sangue”.

“Hannah-Jones disse que escreveu a carta para o jornal The Observer, da Universidade de Notre Dame, aos 19 anos, em resposta a uma carta que descrevia a cultura nativa americana como impiedosa e selvagem”, escreveu o Daily Caller.

Anúncio:

“A carta ao editor que escrevi aos dezenove anos foi em resposta a meus amigos indígenas que protestavam contra um mural de Colombo”, justificou Nikole em seu Twitter.

Na carta, a jornalista ainda descreve a “raça branca” como a “maior assassina”, “estupradora”, “despojadora” e “ladra” do mundo moderno.

Recentemente, Nikole elogiou a onda de protestos violentos e os saques nas grandes cidades america...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: