Para adequar-se à censura, Hotmart muda regras de uso.

4
Anúncio:

Maior plataforma de cursos online do país, a Hotmart, anunciou na segunda-feira (06) que interromperá “operações comerciais” de produtos com cunho ideológico ou político.

Em nota oficial, a empresa é explícita: conteúdos que toquem em “temas sociais sensíveis” ou violem os “termos de uso” serão censurados em até 30 dias, após o produtor do conteúdo ser notificado.

Anúncio:

Diz a empresa que a decisão atende aos “interesses estratégicos da companhia”.

Contudo, no último domingo (05/07), o perfil Sleeping Giants exigiu que a Hotmart, PayPal e PagSeguro bloqueassem as contas do filósofo Olavo de Carvalho em suas plataformas. Paypal e PagSeguro são meios pelos quais os alunos compram cursos do professor.

A série de documentários, Brasil Paralelo, também realiza operações por essas plataformas.

O Youtuber, Felipe Neto, já comemorou em suas redes sociais, dizendo que “redes obscurantistas terão seus contratos encerrados no fim do mês”, referência ao Brasil Paralelo e ao portal de notícias Brasil Sem Medo.

A nota oficial da empresa poder ser lida aqui.