Disney modificará o brinquedo “Splash Mountain” por considerá-lo inspirado em “filme racista”

A Walt Disney revisará completamente seus populares passeios no brinquedo “Splash Mountain” no Magic Kingdom na Flórida e Disneyland na Califórnia, após acusações de que a atração do parque temático apresenta imagens racistas do filme Canção do Sul (Song of the South), de 1946 e que inspirou a atração.

0
(Photo/John Raoux)
Anúncio:

Uma petição online e que juntou mais de vinte e uma mil assinaturas pediu que a atração Splash Mountain fosse redesenhada, porque foi baseada no filme Canção do Sul, produzido pela própria Disney e que contém elementos racistas, alegam os subscritores.

“Embora o passeio pelo brinquedo seja considerado um clássico, a história e o enredo estão imersos em retóricas racistas extremamente problemáticos e estereotipados do filme Song of the South de 1946”, disse a petição. “O melhor, no próximo passo, para remover todos os vestígios deste filme racista, seria relançar a Splash Mountain em um passeio temático baseado no filme A Princesa e O Sapo.”

Anúncio:

Dobrando-se ao desejo da petição, a Disney anunciou a mudança como demandada, substituindo-se o filme a Canção do Sul pelo A Princesa e O Sapo, este último apresentando uma heroína negra, pontuou o Breitbart.

Após a onda de protestos liderados pelo grupo Black Lives Matter, diversas empresas americanas têm tentado sinalizar alguma virtude à comunidade negra. Na semana passada, a Quaker anunciou a remoção da mulher negra na embalagem da marca Tia Jemima, alegando “estereótipo racista”.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.