Após fake news sobre Weintraub, Maia pode ser denunciado por Crime contra o Sistema Financeiro

Fake News foi feita pelo presidente da Câmara dos Deputados após saída de Weintraub do Governo

7
Imagem por: O Ilustra
Anúncio:

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, ironizou a atuação de Weintraub no Banco Votorantim, alegando que após o ex-ministro da Educação ter trabalhado na instituição, o banco foi a falência.

Em resposta, Abraham Weintraub, em suas redes sociais, rebateu a acusação feita por Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Anúncio:

“Trabalhei no Votorantim por 18 anos. O Banco existe até hoje. Nunca quebrou! Atualmente invisto em títulos da dívida dessa instituição por acreditar em sua solidez e seriedade. Espalhar Fakenews sobre a solvência de uma instituição financeira é muito grave”, declarou Weintraub.

Segundo o cientista político, Diego Garcia,

“Maia poderá ser denunciado sobre sua fala, de que o Banco Votorantim quebrou em 2009. Lei 7492/86, Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional. Art. 3º Divulgar informação falsa ou prejudicialmente incompleta sobre instituição financeira: Pena: Reclusão, de 2 a 6 anos, e multa.”