Novo “Looney Tunes” se ajoelha ao politicamente correto e não terá mais armas

Falando ao New Yor Times, o produtor executivo Peter Browngardt disse que alguns episódios do famoso desenho foram longe demais e fez uma projeção: “então eles vão sair em um formato diferente. Estamos passando por essa onda de anti-bullying, todo mundo precisa ser amigo, todo mundo precisa se dar bem. Looney Tunes é praticamente a antítese disso. São dois personagens em conflito, às vezes ficando bastante violentos."

3
LMPC via Getty Images
Anúncio:

O reboot do desenho animado “Looney Tunes” vai receber uma nova atualização. Conforme informou o Daily Wire, a HBO, responsável pela produção do programa, deixou claro que a nova série de episódios não contará com os personagens principais (Elmer Fudd e Yosemite Sam) usando armas de fogo.

“A mudança na última encarnação da icônica série animada é uma resposta à violência armada nos EUA”, escreveu o The New York Post.

Anúncio:

Na versão original do programa, Elmer Fudd é sempre visto caçando o coelho Bugs Bunny com um rifle. Na nova roupagem, “Elmer Fudd caçará Bugs Bunny com uma foice porque essa arma é de alguma forma menos assustadora ou ameaçadora que uma arma”, disse o Wire.

Foto: nit.pt

Não é a primeira vez que a HBO interfere em produções clássicas para adequá-las às narrativas políticas dos EUA. Nesta semana foi informado que a empresa simplesmente tirou do ar o filme “E o Vento Levou”; a justificativa foi que a história acontece num contexto “racista”.