TV estatal da Irlanda: “as salas de aula irlandesas são brancas demais”

0
Gareth Cattermole/Getty Images
Anúncio:

Na Irlanda, a televisão estatal Raidió Teilifís Éireann (RTE) e o jornal Irish Times publicaram textos que elogiam o movimento Black Lives Matter (BLM), originário dos Estados Unidos e que tem feito diversos protestos nas últimas semanas, em razão da morte do afro-americano George Floyd por um policial branco.

Para tais empresas de comunicação, as salas de aula da Irlanda são muito brancas e as crianças devem aprender sobre a história negra desde tenra idade para combater o racismo.

Anúncio:

No texto cujo título é “Diversidade étnica importa nas salas de aula irlandesas”, o canal RTE consultou diversos especialistas sobre divercidade racial. Um deles, Dr Ebun Joseph, disse que “nunca mais voltaremos a ser uma monocultura e prejudicaremos nossos filhos brancos quando eles não forem expostos a pessoas negras na administração ou em outros cargos importantes da escola.” Afirmou ainda que o sistema escolar da Irlanda ensina a “supremacia branca”.

Para o jornal Irish Times, mais professores negros são necessários nas escolas e “as crianças devem aprender sobre racismo e história negra desde cedo para combater a ignorância.”

A morte de George Floyd colocou em curso uma onda violenta de protestos contra o racismo ao redor do mundo. Nos Estados Unidos, diversas vozes na indústria do entretenimento e na política se levantaram contra a polícia, que faz parte, segundo eles, do “racismo sistêmico” da sociedade americana e precisa ser reformada e ter seu financiamento cortado.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.