Obama pede que manifestantes “deixem as pessoas no poder desconfortáveis”

0
Ex-presidente americano Barack Obama (My Brother's Keeper Alliance and The Obama Foundation/AP)
Anúncio:

Participando de uma live, o ex-presidente Barack Obama comentou o caso da morte de George Floyd, um afro-americano morto por um policial branco em Minnesota; o incidente deflagrou uma onda de protestos violentos nos Estados Unidos e trouxe à superfície, de novo, o problema do racismo na América.

Obama disse que esta é uma oportunidade de fazer “mudanças políticas reais” e deixar os líderes no poder “desconfortáveis”.

Anúncio:

“Para trazer mudanças reais, nós temos que destacar o problema e deixar as pessoas no poder desconfortáveis, mas também precisamos traduzi-lo em soluções práticas e leis que possam ser implementadas e monitoradas e garantir que continuemos”, comentou o ex-presidente.

Obama também condenou o uso de força policial, pedindo que todos “os prefeitos do país revisem o uso das políticas de força.”

Apesar de concordar com grande parte das manifestações nos últimos dias, o ex-presidente pontuou a necessidade de ações políticas para trazer mudanças no país. “Ouvi algumas sugestões de que o problema recorrente do viés racial em nosso sistema de justiça criminal prova que apenas protestos e ações diretas podem trazer mudanças, e que o voto e a participação na política eleitoral são uma perda de tempo”, afirmou ele. “Eu não poderia discordar mais.”

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.