“A mídia tornou-se parte integrante do aparato repressivo nazifascista”, diz Olavo de Carvalho

1
Anúncio:

Diante dos levantes do movimento internacional Antifa no Brasil, o mesmo que vem produzindo ondas de violência e depredação nos EUA, a imprensa brasileira vem noticiando os protestos como “atos pró-democracia”, confirmando análises de que o jornalismo serve a agendas extremas e violentas contra a população brasileira.

Aliados a alas políticas de torcidas organizadas, o movimento Antifa é uma tropa de choque da mesma esquerda que vem militando há décadas nas redações dos jornais. O filósofo Olavo de Carvalho resumiu essa situação ao postar em suas redes sociais: “A mídia tornou-se parte integrante do aparato repressivo nazifascista”.

Anúncio:

Nesta segunda-feira (01), um novo ato do movimento queimou uma bandeira do Brasil em Curitiba. Nos EUA, um grupo de Antifa depredou um bairro judeu e picharam a frase: “Palestina Livre”.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.