Possível sucessor de Mandetta mostrou postura perigosa ao ser questionado sobre aborto

1
Anúncio:

Segundo o jornalista Lauro Jardim do Jornal O Globo, crescem as articulações sobre a sucessão do Ministro Luiz Henrique Mandetta. Um dos nomes supostamente sondados seria o médico do setor privado Claudio Lottenberg.
Em 2011, no programa GNT “Maria Gabriela Entrevista” o ministrável registrou sua opinião sobre aborto: “Eu acho que o aborto não pode ser tratado como tema político, o aborto é uma questão social, é uma questão médica, e não assunto para político ficar debatendo para poder ganhar mais voto.”, furtando-se a tomar posição em defesa da vida.

No setor público, Claudio Lottenberg teve uma passagem relâmpago pela prefeitura municipal durante a gestão tucana do ex-prefeito José Serra, cuja indicação alega não ter qualquer vinculação partidária.

Anúncio:

Reconhecidamente vaidoso em performances midiáticas diante da imprensa, causa apreensão junto ao eleitorado conservador a ausência de um posicionamento firme sobre o aborto em um cenário de forte tentativa de interferência internacional da OMS em assuntos nacionais.

A base de apoio a Jair Bolsonaro é fortemente pró-vida, mas precisou ter paciência com o atual ministro da Saúde na esperada despetização do ministério, algo que não foi feito até hoje. Uma eventual nomeação de novo ministro da Saúde que não se mostre capaz de desfazer os protocolos radicalmente abortistas que as gestões petistas criaram dentro do ministério poderá resultar na perda de apoio de um setor importante que tem se mantido fiel ao presidente.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.