Desemprego é o principal fator de aumento de divórcios e pode aumentar criminalidade

O divórcio aumenta também o número de filhos que vive sem um dos pais em casa. A ausência da presença paterna está associada com aumento da criminalidade.

1
Anúncio:

Um estudo de Harvard analisou casamentos entre 1968 e 2013 e verificou que o desemprego é o fator que está mais relacionado ao aumento dos divórcios nos Estados Unidos. Com mais divórcios e condições econômicas ruins, aumenta o número de pessoas que vive sem a presença paterna ou materna.

Como a maior parte dos filhos de pais separados é criado pela mãe, podemos nos valer de pesquisas que analisam o impacto da ausência da figura paterna na criação dos filhos. Nesse sentido, vê-se que o aumento da delinquência está associada a ausência paterna, gerada por divórcios. Um agravante pode ser a ausência da figura paterna quando o pai é desempregado e pode não conseguir ajudar financeiramente a ex-esposa e filhos. Assim, o desemprego pode ser fator associado a divórcio, culminando em posterior delinquência, violência e homicídios pela nova geração que sofreu maior influência de altos índices de desemprego.

Anúncio:

Esses dados dizem muito mais no momento atual

Esses dados complementam análises dos efeitos nocivos para a vida humana e a sociedade diante das decisões radicais de isolamento social em combate ao coronavírus, que culminarão, segundo projeções, na geração de 40 milhões de desempregados no Brasil. Outros 40 milhões de brasileiros que vivem de trabalhos informais também podem ser grandes vítimas da quarentena horizontal prolongada.

Em grande parte das situações normais na economia o desemprego oscila de forma mais lenta e, de certa forma, não intencional. No caso da quarentena, governos têm nas mãos uma única decisão que poderá produzir rapidamente um grande número de desempregados, tornando a decisão mais crítica e isso pode responsabilizá-los pelos danos de uma decisão ou outra.

Leia também:

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.