Americano pede que juiz autorize uma luta de espadas contra sua ex-esposa

"Até hoje, os julgamentos em combate nunca foram explicitamente proibidos nos EUA”

2
Getty Images
Anúncio:

Um homem da cidade do Kansas solicitou que um juiz de Iowa conceda a ele um julgamento por combate para que ele possa marcar uma luta de espadas contra sua ex-esposa e e o advogado dela, informa a Foxnews.

David Ostrom, de quarenta anos de idade, argumentou que sua ex-esposa, Bridgette Ostrom, de 38 anos, de Harlan, Iowa, e seu advogado, Matthew Hudson, o destruíram legalmente, de acordo com um processo no dia 3 de janeiro.

Anúncio:

Ele pediu ao Tribunal Distrital de Iowa que lhe desse 12 semanas para encontrar as espadas katana e wakizashi para sua batalha.

Segundo David “até hoje, os julgamentos em combate nunca foram explicitamente proibidos ou restringidos nos Estados Unidos”.

Ele disse que esse recurso foi usado “em 1818 na corte britânica”.  O casal está envolvido em disputas judiciais sobre direitos de custódia e visitação, bem como pagamentos de impostos sobre a propriedade.

Siga Estudos Nacionais no Twitter e no Facebook 

Leia Também: Reino Unido aprova saída da União Europeia para 31 de Janeiro