Ator de Star Trek diz que nova série da saga terá críticas implícitas a Trump e Brexit

5
MARCO GROB FOR VARIETY
Anúncio:

Patrick Stewart, ator que dá vida ao capitão Jean-Luc Picard na série Star Trek, deu indícios de que a famosa história de ficção científica tomará uma forma de crítica do atual momento político americano também.

Stewart descreveu as organizações fictícias, agora anos depois dos eventos de “Star Trek: A Próxima Geração”, como irremediavelmente corruptas e cruelmente “isolacionistas” diante de uma “crise galáctica de refugiados”.

Anúncio:

Patrick Stewart pretende, todavia, colocar sua crítica política dentro do personagem Jean-Luc Picard, “como uma maneira de injetar parte de sua própria virtude em um mundo dilacerado pelo Brexit e pelo presidente Donald Trump”, disse o ator à revista Variety.

E acrescentou:

“Picard é eu respondendo ao mundo de Brexit e Trump e sentindo: ‘Por que a federação não mudou? Por que a Frota Estelar não mudou? Talvez eles não sejam tão confiáveis como todos pensávamos.”