Após pedido de extradição, Eduardo Fauzi diz que se entregará às autoridades

0
Eduardo Fauzi ao lado do ideólogo russo Aleksandr Dugin
Anúncio:

O suspeito pelo ataque à sede do Porta dos Fundos, Eduardo Fauzi Richard Cerquise, cujo perfil e motivações políticas foram detalhados por Estudos Nacionais, é alvo de um pedido de extradição feito pelo Itamaraty a autoridades russas. Segundo o jornal O Globo, Eduardo Fauzi revelou à Rádio Band News FM que foi à Rússia passar o Natal com o filho no dia de 29 de dezembro. Eduardo alega que sua viagem ao país de Alexander Dugin (principal guru do movimento eurasiano) já havia sido programada e que retornará ao Brasil para se entregar às autoridades no final deste mês.

Eduardo Fauzi, dançarino, frequentador de bailes de zouk no Brasil e na Europa, além de empresário, foi identificado por câmeras de segurança, confirmando sua participação no ataque ao Porta dos Fundos. O Partido Social Liberal (PSL-RJ) expulsou o acusado que era filiado ao partido desde de 2001. A Justiça brasileira considera Fauzi foragido.

Anúncio:

Siga Estudos Nacionais no Twitter e no Facebook 

Leia Também: Bolsonaro veta diretriz que submetia Brasil à Agenda 2030 da ONU