A ciência dos discursos de Churchill

2
Getty Images
Anúncio:

O livro Churchill e a ciência por trás do discurso explica o modo como as palavras do primeiro-ministro britânico se tornaram uma das mais poderosas armas na luta que conseguiu trazer o fim do nazismo e acabou com a máquina de guerra de Hitler.

Winston Spencer Churchill nasceu em 30 de novembro de 1874, no Palácio de Blenheim. Sua mãe era norte-americana e seu pai um nobre inglês.

Anúncio:

Estudou na Harrow School e depois na Real academia Militar de Sandhurst. Serviu ao exército em diversas posições, entre 1845 a 1924, participando de campanhas, missões ou batalhas em Cuba, na Índia, no Sudão e na África do Sul. Além de militar, atuou como jornalista, político, membro do Parlamento, escritor, historiador e pintor. Foi eleito ao parlamento inglês em 1900 e permaneceu até 1964.

O prefácio, escrito por Lucas Berlanza, foca nos discursos de Churchill e na defesa da civilização ocidental onde Lucas questiona o limite do impacto de uma única figura pública sobre os rumos da epopeia humana. O autor do prefácio destaca que é possível estabelecer uma lista daqueles que, entre os intocáveis vultos históricos, se agigantaram sobre a sombra espessas de todo um século, desafiando os conceitos dos analistas qualquer suposto elemento na sequência dos fatos.

CLIQUE AQUI E ADQUIRA O LIVRO COM DESCONTO

O livro conta com explicações sobre o discurso político, liderança, retórica, persuasão, análise do discurso, análise do discurso político, imagem e mensagem, efeitos de sentido, que são itens que preparam o discurso.

Ricardo destaca, no capítulo II, página 69, que a retórica pode ser entendida moderadamente como o uso eficaz da comunicação para orientar as coisas da maneira com que um deseja que os outros as vejam. A retórica é analisada do espectro da disciplina, dentro dos estudos de comunicação, que se preocupa em examinar, descrever e avaliar atos e eventos que visem influenciar pessoas em seus sentidos mais pessoais.

Em análise, Sondermann destaca que a retórica é, portanto, uma forma de comunicação, uma ciência que se ocupa dos princípios e das técnicas de comunicação com fins persuasivos.

Já no capítulo 3, O autor descreve um breve perfil e faz uma cronologia de sua vida.

Sondermann também foca em dissecar cada discurso de Churchill desde que se iniciou a guerra com ênfase ao discurso mais marcante da história do mundo: “sangue, trabalho, lágrimas e suor”.

O livro com características históricas, possui análise técnica da retórica e da persuasão de 12 discursos do estadista, jornalista, político e escritor que, em 1953, conquistou o prêmio Nobel de Literatura.

Ouça a entrevista com o autor: