Governo francês decidiu não transmitir mensagem oficial de Natal este ano e causou indignação

1
Ludovic MARIN /AFP
Anúncio:

A ausência da tradicional mensagem de Natal vinda do Palais de l'Élysée, residência oficial do presidente francês Emmanuel Macron, causou murmúrios na população francesa.

Desde quando tomou posse, em 2017, Macron vinha transmitindo os votos de Feliz Natal ao povo francês, mas decidiu subitamente abortar a mensagem para este ano de 2019.

Anúncio:

A revista francesa Valeurs Actuelles apurou que a justificativa do governo foi que “diante das torrentes de indignação provocadas pela ausência de votos presidenciais por ocasião do Natal, o Elysée vê uma controvérsia desnecessária.”

E completou:

“Pela primeira vez desde sua posse em 2017, o Presidente da República não se dignou a enviar suas saudações diretamente aos franceses no Natal. A Natividade, que certamente alude aos cristãos em primeiro lugar, evoca um tempo de paz e amor universalmente. Percebendo a importância dessa evocação, muito...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: