CNJ proíbe juízes de falarem de política e decisões judiciais em redes sociais

0
Anúncio:

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça), presidido pelo ministro Dias Toffoli, aprovou no dia 17/12 resolução que veda aos juízes de todo o país de se manifestarem nas redes sociais sobre processos pendentes de julgamento, críticas a decisões de outros magistrados e qualquer manifestação que seja considerada "político-partidária".

Cria ainda vedações aos juízes em temas claramente ideológicos, que poderão dar abrigo para censura e vigilância do politicamente correto contra juízes em temáticas onde não existem consensos claros como misoginia, LGBTfobia, questões de gênero, entre outros. Ser con...

Anúncio:

Conteúdo exclusivo para Assinantes.

Clique aqui e se torne um assinante por apenas R$ 14,90 mensais ou R$ 125,16 por ano (30% off).

A mídia independente precisa do seu apoio, só temos vocês do nosso lado!

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.