EUA: prefeito paga salário maior a mulheres que aos homens

2
Anúncio:

O prefeito de South Bend, do estado americano da Indiana, instituiu políticas que dão vantagens financeiras a mulheres. Sua campanha, apelidada de “mulheres majoritárias”, consiste em pagar a mulheres um salário sempre mais elevado do que o salário pago aos homens.

O valor acessório que o prefeito paga a funcionárias mulheres, consiste no valor de 11 centavos a mais, por cada dólar que um funcionário homem recebe. Ou seja, se um funcionário recebe 2.000 dólares, a funcionária, trabalhando na mesma área e no mesmo cargo, receberá 2.220 dólares, para trabalhar pela mesma carga horária.

Anúncio:

Segundo o canal Breitbart, o prefeito de South Bend possui uma equipe composta em torno de cinquenta e três por cento de mulheres.

A secretária de imprensa de Buttigieg, Nina Smith, explicou que a disparidade salarial em favor das mulheres é intencional.

“A diferença salarial é bem intencional”, disse ela. “Sabemos, nós observamos esses detalhes e estamos constantemente acompanhando para garantir a diferença salarial em nossa campanha e mostrar como uma administração deve ser administrada”

Smith falou sobre a pauta de gênero na campanha de Buttigieg, em favor das mulheres, durante uma cúpula do “Rule Women” com o site Politico, na última terça-feira, dia 10.

Ela declarou que, como mulher trabalhadora, experimentava pessoalmente as frustrações de uma disparidade salarial com frequência.

“Não acho que exista uma única mulher por aí que não tenha tido essa conversa”, disse ela.

Buttigieg disse anteriormente que está planejando um gabinete presidencial formado por maioria de mulheres.

“Meu gabinete terá pelo menos metade ou a maior parte composto por mulheres”, disse ele em outubro.

Buttigieg disse que um viés a favor das mulheres trabalhadoras melhoraria sua possível presidência.

“A propósito, não apenas porque essa é uma boa política de empoderamento das mulheres, mas porque você toma melhores decisões quando tem igualdade de gênero nos órgãos de tomada de decisão; isso está comprovado ” disse ele.

Buttigieg pleiteia o cargo de candidato do Partido Democrata na eleição à presidência americana em 2020. Caso sua candidatura se confirme, ele será o primeiro candidato democrata gay assumido a entrar na disputa pelo cargo e, ser for eleito, o primeiro presidente americano gay, além do mais jovem já registrado.

Siga Estudos Nacionais no Twitter e no Facebook 

Veja também: Em palestra, José Dirceu entusiasma militares descontentes com Bolsonaro

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.