Importância da obra de Olavo de Carvalho é tema de congresso em Portugal

59
Foto: Josias Teófilo
Anúncio:

Olavo de Carvalho será o tema do colóquio intitulado “O magistério de Olavo de Carvalho: para uma paideia integral”, que acontecerá no dia 25 de novembro, em Lisboa. O congresso de filosofia está sendo organizado por uma série de entidades portuguesas e com a participação de alunos e estudiosos de filosofia que se debruçaram sobre a obra do filósofo brasileiro mais influente na atualidade. O evento ocorre por ocasião da publicação da primeira edição portuguesa de Aristóteles em Nova Perspectiva, em terras lusitanas.

Editada em Portugal pelo Movimento Internacional Lusófono (MIL), o livro será lançado no dia 25 de novembro, em Lisboa, no âmbito do Colóquio sobre o pensamento de Olavo de Carvalho, com a participação de algumas figuras prestigiadas da cultura e academia lusófonas, refletindo sobre os vários aspectos do impacto da obra de Olavo no Brasil e em todo o chamado Espaço Lusófono.

Anúncio:

A relação entre as ideias de Olavo e o pensamento pós-moderno, o exemplo de auto-didatismo e a importância do imaginário literário para o estudo da filosofia são algumas das abordagens desse evento de um dia inteiro e que conta com mais de vinte palestras. A programação pode ser conferida no site Olavo em Portugal, que apresenta os palestrantes e seus respectivos temas.

O aluno português, Artur Silva, do Porto, fará uma palestra sobre o imaginário literário no estudo da filosofia e a vida intelectual.

Silva traz a “importância do imaginário como formação moral básica da personalidade intelectual, em primeiro lugar na compreensão e apreensão, através da experiência imaginativa, dos dramas humanos concretos”.

Ele salienta ainda que:

Somente esta capacidade adestrada por uma ampla e permanente cultura literária é que nos capacitará a apreender os dramas cognitivos vividos pelos filósofos ao longo da história humana.

O congresso também contará com a palestra do professor e historiador brasileiro Rafael Nogueira, que falará sobre o reavivamento do interesse pela história do Brasil e de Portugal, como uma das consequências da obra e atividade de Olavo de Carvalho.

O evento é organizado pelas entidades portuguesas: Movimento Internacional Lusófono, (MIL), Fundação Lusíada, Nova Águia: Revista de Cultura para o século XXI, do Centro de I&D sobre Direito e Sociedade da Universidade Nova de Lisboa (CEDIS) e da Sociedade de Geografia de Lisboa.

Segue abaixo o programa do evento com os títulos das palestras já confirmadas:

25 de Novembro

Colóquio
O MAGISTÉRIO DE OLAVO DE CARVALHO: PARA UMA PAIDEIA INTEGRAL

10h00 | SESSÃO DE ABERTURA
Luís Aires de Barros (Sociedade de Geografia de Lisboa)
Renato Epifânio (MIL: Movimento Internacional Lusófono & NOVA ÁGUIA: Revista de Cultura Para o Século XXI)
Abel Lacerda Botelho (Fundação Lusíada)
Armando Marques Guedes (CEDIS: Centro de I&D sobre Direito e Sociedade da Universidade Nova de Lisboa)
10h30 | PAINEL I
O TRABALHO DE OLAVO DE CARVALHO SOBRE O PENSAMENTO PÓS-MODERNO | João Maurício Brás
OLAVO DE CARVALHO COMO EXEMPLO PROVECTO DO AUTO-DIDACTISMO | Luís Pires dos Reys
A EXPERIÊNCIA DO ESPANTO ANTE O NOVO E O DESVELAMENTO DA VERDADE NA MINHA LEITURA DE OLAVO DE CARVALHO | António Vieira
A IMPORTÂNCIA DO IMAGINÁRIO LITERÁRIO NA FILOSOFIA DE OLAVO DE CARVALHO | Artur Silva
OLAVO DE CARVALHO E A DIMENSÃO RELIGIOSA: ALGUMAS QUESTÕES | Pedro Sinde
O MAGISTÉRIO CATÓLICO DE OLAVO DE CARVALHO | Juliana Rodrigues
12h30 | ALMOÇO
14h00 | PAINEL II
O MUNDO LUSÓFONO E A AMBIGUIDADE DO OCIDENTE | Alexandre Franco de Sá
A TENSÃO “NACIONAL – INTERNACIONAL”, NO EXERCÍCIO DE PENSAMENTO PROFUNDO, A PRETEXTO DO EXEMPLO DE OLAVO DE CARVALHO | Manuel Rezende
A ANÁLISE DA CRIPTO-IDEOLOGIA POPULISTA CONTEMPORÂNEA | Gabriel Guimarães e Riccardo Marchi
A LEITURA DO PENSAMENTO FILOSÓFICO-POLÍTICO DE ERIC VOEGELIN POR OLAVO DE CARVALHO | Pedro Velez
LIVRE PENSAMENTO E LIBERDADE DE EXPRESSÃO E DE IMPRENSA. UMA AVALIAÇÃO COMPARATISTA ENTRE PORTUGAL E BRASIL A PROPÓSITO DO EXEMPLO DE OLAVO DE CARVALHO | António Abreu
LIBERALISMO, POSITIVISMO E MARXISMO: A INFILTRAÇÃO IDEOLÓGICA NO DIREITO PÚBLICO BRASILEIRO E O PENSAMENTO DE OLAVO DE CARVALHO | Amauri Saad
16h00 | INTERVALO
16h15 | PAINEL III
OLAVO DE CARVALHO COMO FILÓSOFO – UMA ABORDAGEM INTEGRAL | Mário Chainho
REAVIVAMENTO DO INTERESSE PELA HISTÓRIA BRASILEIRA E PORTUGUESA | Rafael Nogueira
OLAVO DE CARVALHO E O SEU CONTRIBUTO PARA A RECUPERAÇÃO DA IDEIA DE PORTUGAL NA HISTORIOGRAFIA BRASILEIRA | José Almeida
OLAVO DE CARVALHO COMO EXPRESSÃO (IM)PREVISTA DO GRUPO DA FILOSOFIA PORTUGUESA | Pedro Vistas
OLAVO DE CARVALHO E A VALIA DO FILÓSOFO QUE SABE PEDIR COM IMPERTINÊNCIA | Carlos Aurélio
ARISTÓTELES E A FILOSOFIA PORTUGUESA – O CONTRIBUTO DE OLAVO DE CARVALHO | Joaquim Domingues
18h15 |CONCLUSÕES
Renato Epifânio e Jaime Nogueira Pinto
18h30 | APRESENTAÇÃO DA OBRA
“ARISTÓTELES EM NOVA PERSPECTIVA”, DE OLAVO DE CARVALHO | Rodrigo Sobral Cunha
 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.