Maior empresa de mídia da China fecha acordo com a Band

7
wikipedia

O Grupo Bandeirantes de Comunicação (canal Band) anunciou um acordo de cooperação com a empresa estatal China Media Group (maior grupo de mídia da China). O evento que selou a união entre as empresas ocorreu no último dia 11, na sede do Grupo Bandeirantes no Morumbi, em São Paulo. O objetivo da parceria é a produção e compartilhamento de conteúdo para promover as relações entre os dois países.

O acordo, assinado pelos presidentes do Grupo Bandeirantes, João Carlos Saad, e do grupo chinês, Shen Haixiong, prevê uma cooperação de intercâmbio de tecnologias de rádio e televisão, e também o compartilhamento de programas de entretenimento e conteúdo noticioso.

Segundo o presidente da Band, a expectativa é que as duas empresas trabalhem juntos na produção de uma grande variedade de conteúdo:

“Agora temos a oportunidade de mostrar para os chineses quem somos no dia a dia e conhecer a produção deles diariamente. É uma aliança muito interessante. Assisti alguns programas e fiquei muito impressionado. Temos muita coisa para fazer e muito entrosamento. A China está mostrando um novo jeito de se relacionar, fazendo os povos crescerem através de seus investimentos e da melhoria, então acho que essa é uma área de diplomacia e investimento estratégico. Espero que a gente possa produzir mais e tenho certeza que daqui sairão coisas novas, muitas coproduções. Cada vez mais as equipes estão entrosadas, então conseguimos produzir muito conteúdo juntos. Temos um mundo de coisas acontecendo entre China e Brasil e vamos além”, declara João Carlos Saad.

Segundo o presidente da China Media Group, a cooperação com uma empresa brasileira é uma novidade:

“Para nós, tudo é muito novo e já sentimos a cordialidade do povo brasileiro ao chegar aqui em São Paulo. O Brasil não é uma terra desconhecida por nós. Somos povos que nos respeitamos de forma mútua. O documentário Mundo China já foi traduzido em inglês, espanhol, italiano e japonês e esperamos que o lançamento na versão em português possa ajudar o povo brasileiro a conhecer melhor nosso país. A prioridade do Brasil é a economia e geração mais empregos e temos muitos pontos em comum nesse sentido. Vamos trabalhar juntos para que possamos nos conhecer melhor e entender melhor nossas culturas”, declara Shen Haixiong.

Para o governador de São Paulo, João Dória, presente no evento, este contrato de cooperação é uma oportunidade de conhecimento mútuo entre os países:

“A China tem mais de 200 empresas em São Paulo, 302 mil chineses vivem aqui, ou seja, é o estado que concentra os maiores investimentos e a maior população chinesa no Brasil. Não tenho dúvidas de que esse acordo vai promover mais oportunidades para a visualização do que acontece na China pelos telespectadores e ouvintes do Grupo Bandeirantes, e os chineses terão a oportunidade de conhecer melhor o que acontece no Brasil. Isso vai incrementar o movimento de negócios, cultura e turismo”.

Um dos primeiros programas da parceria que será apresentado pela Band, chama-se “Frases Clássicas Citadas pelo Presidente Xi Jinping”, série produzida pelo China Media Group, que reproduz algumas frases e pensamentos do presidente do país comunista.

O China Media Group pretende consolidar um verdadeiro império mundial de mídia. Atualmente, o grupo ocupa a primeira posição entre as empresas do ramo, com a maior produção de programas do mundo e com o maior orçamento para ampliação de sua rede em escala global, com investimentos em mais de 160 países.

 

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
JOÃO CARLOS MASTROBERTILIGIA LOBO DE REZENDE POPOLIZIOMAURICIO RIGOLETTOZk'AlffPriscila Recent comment authors
  Subscribe  
Notify of
Tiger
Visitante
Tiger

Assisti a uma parte do programa chinês passado na Band e conclui que o comunismo muda de roupa, mas a essência é a mesma. Quem assistir com um olhar atento verá que eles citam o “partido” como o defensor do povo. É isso mesmo. O partido comunista chinês que matou milhões é mostrado é enaltecido como defensor do povo. É um mimetismo sem precedentes.

Felipe Alves
Visitante
Felipe Alves

Eu respeito e admiro demais o povo Chinês, o que eu tenho abominação é pelo partido comunista que desgraça tudo que toca, obviamente já tocou nesse monstro midiático.
Legal ver o dono de uma emissora que não vai muito com a cara do presidente Jair se misturando com comunistas

Priscila
Visitante
Priscila

Na China o povo já é controlado através desse grande sistema de mídia.

Zk'Alff
Visitante
Zk'Alff

” Viu algum Africano vendendo ‘quinquilharias’ em sua Cidade ? Por aqui (RS) os há e os há numerosamente ….. E por trás da ‘turma’ ? Chineses ! É isto o Q. tb fazem por aqui ! Aliás e por falar em SP : quem hoje é o Dono da CP(aulista)FL ” ??????????

MAURICIO RIGOLETTO
Visitante
MAURICIO RIGOLETTO

O pior de tudo é tolerar a existência de programas que narram de formar parcial, atribuindo feitos heróicos e UM BEM GENUÍNO E INQUESTIONÁVEL à história da revolução GENOCIDA DE 70MILHOES DE MORTOS. DA NOJO E RAIVA… ESSA BAND É UMA BOSTA DE QUINTA CATEGORIA SEMPRE FOI E SEMPRE SERÁ!!!!!!!!