Conheça a senadora que pode assumir presidência após renúncia de Morales

1
senado boliviano

Após renúncia de Evo Morales e de autoridades do Estado, senadora poderá assumir a presidência temporária da Bolívia.

A Constituição prevê que a sucessão começa com o vice-presidente, depois passa para o titular do Senado e então para o presidente da Câmara dos Deputados, mas todos  renunciaram com Morales.

Jeanine Añez Chávez, senadora na Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolívia, segunda vice-presidente do Senado e advogada, é a próxima política na linha de sucessão para assumir o cargo máximo do executivo boliviano.

Segundo a senadora, ela está preparada para o cargo neste momento de transição:

“tenho que cumprir com o país, é necessário pacificá-lo e convocar novas eleições […] A primeira coisa a fazer é convocar a assembleia para analisar as demissões. Isso é transitório, enquanto estamos convocando novas eleições. Isso também é para que o tribunal eleitoral possa fazer eleições transparentes”

disse Chávez ao jornal El Cronista.

Jeanine Añez Chávez fazia um mandato de oposição a Evo Morales. A senadora faz parte da aliança de oposição Unidade Democrática, e é conhecida por ter criticado duramente o governo de Evo Morales.

A senadora Jeanine Chávez é graduada em Ciências Jurídicas e Direito. Foi deputada constituinte entre 2006 e 2008 e ajudou na redação da nova Constituição da Bolívia. Também trabalhou no poder judiciário e fez parte da comissão de organização e estrutura do Estado. Foi eleita senadora pelo partido Plan Progreso para Bolivia-Convergencia Nacional e é casada com o político colombiano, Héctor Hernando Hincapié Carvajal.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Elem Malheiros Toniolo Dutra Recent comment authors
  Subscribe  
Notify of
Elem Malheiros Toniolo Dutra
Visitante
Elem Malheiros Toniolo Dutra

não tem pai nem mãe essa criatura? Isso é tudo q se tem dela?