General Rocha Paiva: “A intervenção militar não é legalizada”

66
Anúncio:

General Rocha Paiva sinaliza a ação do STF como “catastrófica” e afirma que o país está submetido a um tipo de um acordo com uma liderança fisiológica, patrimonialista e corrupta no legislativo em consonância com o STF.

Segundo o general: “Com esse tipo de liderança, o STF procura, junto com essa liderança, deter a Lava Jato que é uma iniciativa moralizadora da vida pública no país”. Ainda disse que: “Não vi nenhuma iniciativa do Executivo para deter essas manobras do legislativo com esses Ministros do STF”.

Anúncio:

De acordo com o General, acabar com a PEC da Bengala, já ajudaria a resolver uma pequena parte do problema, porém tal ato está subordinado a aprovação da maioria do Congresso para conduzir e essa maioria se limita a seguir a liderança. “Se a Lava Jato funcionar, vai pegá-los mais à frente. Então essas coisas não vão mudar”.

Ouça: