Lula foi o “cabeça da morte de Celso Daniel”, declara o empresário Marcos Valério

4
Anúncio:

O empresário Marcos Valério, condenado por desvio de dinheiro público para financiar campanhas eleitorais, declarou ao Ministério Público de São Paulo, que Lula é um dos mandantes da morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel.

O ex-prefeito foi sequestrado e executado a tiros em 2002.  Marcos Valério afirma no depoimento, obtido pela revista Veja, que o ex-deputado federal do PT, Professor Luizinho, “lhe confidenciou que Celso Daniel topou pagar com recursos da prefeitura a caravana de Lula pelo país, antes da eleição presidencial de 2002, mas não teria concordado em entregar a administração à ação de quadrilhas e àqueles que visavam ao enriquecimento pessoal”.

Anúncio:

O empresário Marcos Valério afirmou que, após chantagear Ronan Maria Pinto, conversou sobre o assunto com o próprio Lula:

“Eu virei para o presidente e falei assim: ‘Resolvi, presidente’”. Ao que Lula respondeu “Ótimo, graças a Deus”.

Valério também declarou em seu depoimento que Ronan Maria Pinto, ao receber dinheiro para ficar calado, declarou que não ia ‘pagar o pato’ sozinho e que iria citar o presidente Lula como ‘mandante da morte’ do prefeito de Santo André. Para Valério, Ronan ia ‘apontá-lo como cabeça da morte de Celso Daniel’”.

além do prefeito Celso Daniel ao menos 8 pessoas envolvidas no caso, desde testemunhas ao legista que provou ausência de tortura, foram mortas.