Homem biológico vence campeonato mundial de ciclismo feminino

39
Foto: reprodução

O canadense Rachel McKinnon, um ciclista e professor assistente de filosofia, que se declara mulher, venceu pela segunda vez seguida o campeonato mundial de ciclismo feminino ocorrido no sábado, dia 19, na Califórnia, EUA, além de bater o recorde mundial, superando Carolien Van Herrikhuyzen, da Holanda, e a ciclista americana Jennifer Wagner”

Diante as manifestações contrárias a sua participação no evento feminino, McKinnon disse que uma eventual negação a sua participação no evento seria “negar seus direitos humanos”, e que as tentativas de igualar o esporte feminino de modo a discriminar os atletas transgêneros seria uma injustiça.

O ciclista recebeu muitas críticas pelas redes sociais mas buscou esquivar-se das acusações de que ele próprio estaria sendo injusto com outras atletas que nasceram com um corpo diferente do seu. McKinnon disse que

“Todos os meus registros médicos demonstram que eu sou mulher […] Meu médico me trata como mulher, minha licença de corrida diz que sou mulher, mas as pessoas que se opõem à minha existência ainda querem pensar em mim como homem […] Então, se queremos dizer que acredito que você é uma mulher para toda a sociedade, exceto por essa parte central que é o esporte, isso não é justo.”

A ex-campeã de ciclismo e gerente de uma equipe britânica de ciclismo feminina, Victoria Hood, desafiou McKinnon, dizendo que “não é para complicar, a ciência está aí e diz que é injusto. O corpo masculino, que passou pela puberdade masculina, ainda mantém sua vantagem, que não desaparece. Eu tenho simpatia por eles. Eles têm o direito de praticar esportes, mas não o direito de entrar em qualquer categoria que desejarem.”

O ciclista transgênero Rachel McKinnon respondeu Victoria Hood dizendo que a ex-campeã Hood tem “um medo irracional de mulheres trans”.”

No domingo, dia 20, McKinnon publicou em suas redes sociais

“Ainda não encontrei uma verdadeira campeã que tenha problema com mulheres trans. Campeões de verdade querem uma concorrência mais forte. Se você vencer porque o fanatismo proibiu sua concorrência… você é uma perdedora.”

Foto: Breitbart

O problema dos atletas transgêneros tem produzido muitos debates, principalmente em países como os Estados Unidos, Canadá e Inglaterra, onde tem aumentado o número desses casos e levado muitos a questionar o fato de que muitos homens que se declaram mulher estão vencendo as competições que participam.

 

39
Deixe um comentário

avatar
28 Comment threads
11 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
32 Comment authors
gedson cavinatti rubioMAGALHAESMarcelo LucasFranck DelcroixAlexandra Recent comment authors
  Subscribe  
Notify of
Wesley
Visitante
Wesley

Parabéns guerreiro! É tudo nosso.

Tiago
Visitante
Tiago

Falou a biba

Wesley
Visitante
Wesley

Hahahhahahhahhahahahha

Joao a s araujo
Visitante
Joao a s araujo

Porque não fazem um campeonato para trans?

Átila
Visitante
Átila

Seria descriminação

Sidnei
Visitante
Sidnei

Discriminação com quem?

Tiago
Visitante
Tiago

Uma vergonha o cara nasce com corpo masculino e quer competir com as mulheres não é questão de ser aceito ou não é questão da desvantagem por parte das mulheres. Povo sem noção do caralho mulher é meu ovo bichona oportunista

carlos
Visitante
carlos

Peéssimo colunista além de copiar a matéria de outro site aind apor cima nem se preocupou em colocar uma foto do campeonato de 2019 …nossa realmente existe péssimos profissionais em tudo mas na mídia ainda é pior,pois muitos acreditam em tudo que colocam como se fossem deuses !!! Da próxima vez tenha menos preguiça e faça seu trabalho direito !! E ainda ganha pra fazer uma porcaria dessas.

Adeildo
Visitante
Adeildo

Pelo jeito tambem és uma mulher trans?
Se comoveu tanto.

Anto io Rebelo
Visitante
Anto io Rebelo

Também gostava de saber, pois sendo a corrida de 2018, porquê noticiada em 10/2019?
dizendo “…ocorrida sábado dia 19…”?
Há explicação?
Obrigado

Maria
Visitante
Maria

Isso hoje em dia causa um belo processo por injúria. Se ela (Rachel) passou por todos os exames exigidos por especialistas e foi colocada pra competir, por que relés pessoas preconceituosas acham que podem opinam sobre o assunto?
Se o doping é algo constantemente combatido no esporte vocês acham mesmo que deixariam ela competir com substâncias hormônais acima do permitido? Não se preocupem, eu faço questão de mostrar essa matéria pra pessoas ligadas aos direitos LGBT’s, eles vão ficar muito felizes em ganhar recursos pra ajudar mais a comunidade com o processo belíssimo que vão colocar em vocês.

Junior
Visitante
Junior

Existe uma diretriz que permite um nivel superior de testosterona para os transgeneros que é quase 4 x superior ao das mulheres, isso vai causar muitos problemas, em especial com relação ao passaporte biologico e aos testes de dopagem.

J.Junior
Visitante
J.Junior

E você outra reles, esta se opondo ao que ciência comprova! Povinho aproveitador, se denominam algo pra poder tirar proveito. Não tenho nada contra LGBT, mas afetar a vida de outras pessoas é inatacável, exemplo – uma atleta biologicamente mulher, não é campeã mundial porque um homem biológico competiu com ela, e com vantagem cientificamente comprovada ganhou a competição, ainda assim todos são obrigados a aceitar, ninguém no mundo pode se opor aos LGBT’s.

Eliane
Visitante
Eliane

Se você acha coerente perder prêmios ou campeonatos, por que um homem decidiu em algum momento se tornar mulher, é um direito seu. Na minha opinião não é justo, uma mulher fabrica testosterona no máximo 0.52 a 2.43 nmol/L, um homem fabrica 10.41 a 34.70 nmol/L e um transgêneros para entrar na categoria feminina ele não pode ultrapassar 10.0 nmol/L. Ou seja, um transgênero fabrica 4x mais testosterona do que uma mulher. Independente do tratamento, eles ainda sim, terão vantagens em cima das mulheres. Não estamos em pé de igualdade, e vai chegar uma hora que não terá mais mulheres… Read more »

Marcelo Lucas
Visitante
Marcelo Lucas

Ok, então cientificamente ele alterou sua quantidade de cromossomo?

1 2 3 6