Haddad é condenado por crime de caixa dois pela Justiça Eleitoral

0
Anúncio:

A Justiça Eleitoral condena Fernando Haddad, ex-prefeito paulista e derrotado na eleição presidencial de 2018, pelo crime de caixa dois. De acordo com o juiz Francisco Carlos Inouye Shintateo, o ex-prefeito deverá cumprir quatro anos e seis meses de reclusão e pagar 18 dias-multa pelo crime. O processo nasceu de apuração que buscava rastrear o uso de recursos da empreiteira UTC na confecção de material de campanha de Haddad para prefeito, em 2012. Shintate, na sentença, absolve o petista das demais acusações – como formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Outros amigos de partido de Haddad também foram condenados, entre eles João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, por ocultação de bens e lavagem de dinheiro.

Anúncio:

A decisão do magistrado cabe recurso e o réu poderá responder em liberdade.