PSDB-SP quer expulsão de Aécio Neves do partido

1
Anúncio:

O diretório paulista do PSDB formalizou hoje (20) o pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves. Ontem (19) o diretório municipal paulistano também já havia formulado seu pedido. A decisão do diretório, que se encontra sob a influência do governador João Dória, ocorreu às vésperas da reunião da executiva Nacional do PSDB que vai definir a admissibilidade do pedido de expulsão feito pelo diretório municipal da Capital.

A medida se dá na esteira do movimento do que Dória chama de “faxina ética” no partido tucano após os números desastrosos para o partido nas últimas eleições – que teve seu pior desempenho na história.

Anúncio:

Aécio Neves foi flagrado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, da JBS. A quantia foi entregue em parcelas a pessoas de confiança do parlamentar e seria usada para pagar sua defesa na Operação Lava Jato. O tucano se tornou réu em abril de 2017 por corrupção passiva e obstrução da Justiça.

Caso o pedido de expulsão seja aceito, o tucano terá cerca de 6 meses para executar sua defesa.