PL do PCdoB do poliamor e “casamento” entre pais e filhos será votado dia 21

163
Foto: Reprodução/Facebook. Na foto, Manoela D'Avila e e
Anúncio:

Atualização de 21.08.2019. Após pressão popular e questionamentos, a Comissão afirmou que o PL foi retirado da pauta de hoje (21) para "aprimoramento de sua redação" (clique aqui e leia a notícia).

Leia também:

Anúncio:

Requerimento de Jean Wyllys prova que PL 3369/15 é sobre "poliamor"

Dep. PCdoB e Boatos.org tentam dizer que “todas as formas de união entre duas ou mais pessoas” não é poliamor

O Projeto de Lei (PL) nº 3369/2015 de Orlando Silva (PCdoB) reconhece como família "todas as formas de união entre duas ou mais pessoas", e "independente de consanguinidade" e será votado em Comissão da Câmara de Deputados em Brasília (DF) na próxima quarta-feira.

Por esta regra estariam regulamentados "casamentos" que podem incluir, por exemplo, um pais com seu filho, o pai com a filha, mãe com a filha, mãe com um filho, ou qualquer combinação entre pais e filhos. Mas pode ser ainda mai...

Conteúdo

Clique aqui e desfrute cursos, artigos e estudos exclusivos.
Apoie veículos independentes.


Se você já é assinante faça seu login abaixo: