Aula 5 – Espírito Revolucionário: Elementos da formação das ideologias

0
Anúncio:

A quinta aula do curso analisa a ideia de sentido da história e o sujeito da história, como elementos básicos da formação das ideologias. Toda ideologia tem como ideal um sentido histórico e um tipo de sujeito. Ao mesmo tempo, elas têm um sentido e sujeito inimigos que servem de obstáculos à realização do seu ideal. Na Idade Média, o sentido da história era a Salvação e o sujeito histórico, Deus – o homem tem uma co-ação, ele só age porque Deus age. Na Modernidade, surgem os estados nacionais e um novo contexto de visão científica, com um rompimento da metafísica anterior. A partir daí, o sentido da história se torna o progresso humano, sendo o sujeito desse progresso a razão humana, portanto, a humanidade mesma.

Este é o contexto mental e ideológico em que surgem as propostas revolucionárias em sua forma mais acabada. Para Marx, o sujeito da história é o proletariado, a classe dos trabalhadores, e o sentido histórico é a Revolução, tomada em sentido escatológico, isto é, no âmbito de um “fim dos tempos” ou sentido mesmo do tempo.

Anúncio:

Cada ideologia, a partir daí, diverge nos meios pelos quais alcançará esse ideal (a revolução), por aquilo que se entende como sujeito da história.

Livros recomendados na aula:

A ideologia do século XX – J. O. de Meira Penna (Disponível na Livraria EN – clique aqui)

A Religião Civil do Estado Moderno – Nelson Lehmann da Silva (Disponível na livraria EN – clique aqui)

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.