Após atacar site por divulgação de contratos, Secom anuncia novo edital

2
Reprodução

A Secretaria de Comunicação do Governo Federal (Secom), presidida por Fábio Wajngarten, deve publicar, em breve, novo edital de publicidade da Presidência. Até o momento, pelo menos três das agências que dividem o bolo milionário da publicidade governamental são as mesmas dos governos Dilma e Temer, conforme noticiamos. A possível mudança foi divulgada na coluna Radar, da Veja, no dia 5 de agosto.

O anúncio da mudança ocorre após o site Estudos Nacionais ter noticiado que os contratos seriam mantidos, informação confirmada pela própria Secom. Diante da matéria, o site foi duramente criticado pela Secretaria, inclusive em ligação telefônica do próprio secretário, que afirmou impossibilidade jurídica de fazer nova licitação. Ao que parece, as dificuldades foram contornadas.

Diz a coluna:

Hoje, cinco agências dividem a verba publicitária do órgão em um esquema que separa a estratégia digital da comunicação off-line. Duas agências, a TV1 e a Isobar, tocam a publicidade digital enquanto Artplan, Calia e NBS tocam a mídia off-line.

Para otimizar os gastos, a Secom vai acabar com essa divisão e as novas agências terão que tocar as estratégias de publicidade nas duas áreas.

Há cerca de um mês, divulgamos a informação de que o governo manteria as mesmas agências dos governos anteriores, suspeitas de uma série de fraudes licitatórias. Os contratos da Arplan, Calia e NBS vencem dia 21 de agosto e a Secom, na ocasião, havia informado que seriam mantidos devido falta de tempo hábil para uma nova licitação.

Apesar de ter se ocupado de atacar o site, a Secom, sob a chefia de Fábio Wajngarten, mostrou-se mais preocupada em informar grandes veículos do que com a mídia independente que ajudou a eleger Bolsonaro, em uma clara postura discriminatória. Estudos Nacionais, por meio de editorial, solicitou um pedido formal de desculpas do órgão, o que até agora não foi feito.

Nossos leitores continuam aguardando, assim como os demais sites independentes que desejam ser respeitados pelo governo.

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Higormarcos Recent comment authors
  Subscribe  
Notify of
marcos
Visitante
marcos

Parece piada como o nosso presidente deixa uma bosta dessas acontecer bem embaixo do naris dele

Higor
Visitante
Higor

Esse Fabio é incompetente!