Gilmar Mendes proíbe investigação sobre Glenn Greenwald

1
Agência STF
Anúncio:

Em decisão monocrática o ministro do STF Gilmar Mendes proibiu autoridades públicas de investigar o jornalista Glenn Greenwald, envolvido no recebimento e publicação de mensagens roubadas de autoridades públicas da Operação Lava Jato por ataque hacker de dispositivos eletrônicos.

Em seu parecer o ministro Gilmar mendes destacou que “A despeito das especulações sobre a forma de obtenção do material divulgado pelo jornalista – matéria que inclusive é objeto de investigação criminal própria –, a liberdade de expressão e de imprensa não pode ser vilipendiada por atos investigativos dirigidos ao jornalista no exercício regular da sua profissão”.

Anúncio:

A decisão de Mendes vem em resposta à ação da Rede Sustentabilidade. Entre os advogados que assinam o pedido está o advogado e senador Fabiano Contarato, da Rede Sustentabilidade.


Informações: Conjur