Bolsonaro diz que esclarecerá, ao STF, declaração sobre o pai do presidente da OAB

0

Jair Bolsonaro informou, nesta manhã, que enviará ao Supremo Tribunal Federal (STF) esclarecimentos sobre as declarações feitas sobre a morte do integrante do grupo Ação Popular (AP) e pai do atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira.

Após o presidente da OAB entregar uma interpelação judicial no STF, o ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso, deu um prazo de 15 dias para o chefe do executivo, caso queira se apresentar, prestar esclarecimentos a respeito das declarações feitas nos últimos dias. Bolsonaro declarou aos  jornalistas: “Não falei nada de mais. Vou entregar um vídeo, fazer a gravação e mandar. Tenho live e conversa aqui com vocês”. Bolsonaro ainda afirmou que apenas relatou o que teve conhecimento na época e que não tinha ofendido o pai de Santa Cruz.

A declaração do presidente, que culminou na ação impetrada no STF, foi dada ainda nesta semana, quando ele afirmou que o militante Fernando de Santa Cruz não fora morto pelos militares, mas, sim, por membros do seu próprio grupo de “resistência”, Ação Popular (AP): “Conto pra ele. Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar nas conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco e veio desaparecer no Rio de Janeiro”. E acrescentou: “Eles resolveram sumir com o pai do Santa Cruz”. Por fim, afirmou: “Não foram os militares que mataram ele não, tá? É muito fácil culpar os militares por tudo que acontece”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of