Sheherazade compara Moro e Dallagnol com assassinos em massa da Revolução Francesa e é louvada pela esquerda

31
Anúncio:

A jornalista Rachel Sheherazade, agora musa da extrema-esquerda, gravou um vídeo em que compara o ministro Sérgio Moro e o núcleo de promotores da Lava Jato ao psicopata Robespierre, líder jacobino da Revolução Francesa responsável pelo Período do Terror que assassinou milhares de aliados e opositores, incluindo a Família Real daquele país.

Isso tudo, pois, segundo a âncora do Jornal do SBT, o teor das conversas entre Moro e Dallagnol, vazadas ilegalmente pelos espiões da The Intercept, é “promíscuo”, “mancha a imagem até então imaculada da Lava Jato” e fere gravemente o “Estado Democrático de Direito” – Estado este, vale salientar, todo aparelhado por integrantes da mesma gangue que a Lava Jato queria desbaratar.

Anúncio:

Sheherazade ainda diz que, se comprovada a veracidade do conteúdo publicado pelo site de Glenn Greenwald, fica patente que o povo brasileiro estava enganado quanto às boas intenções da Lava Jato e que tudo, no fim das contas, tratava-se apenas de um projeto de poder político culminado na elevação de Sérgio Moro à ministro de Estado.

O vídeo de Sheherazade, cuja narrativa coincide ipsis litteris com a da militância mais histriônica e radical dos Centros Acadêmicos de Ciências Humanas, foi parar em sites da laia do Brasil 247, blogue de aluguel do petismo mais patológico que possa haver. É a esse nível de decadência que um ressentimento incurável pode levar uma pessoa de talento.

 

Confira o vídeo:

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.