MEC abandona pacto pela diversidade que incluía 333 universidades

5
Anúncio:

O Ministério da Educação desligou-se do Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, Cultura da Paz e Direitos Humanos, lançado em 2017, no governo de Michel Temer. Depois de lançar dois editais no valor de R$ 2,2 milhões para financiamento de projetos, no ano passado, desde janeiro o governo Bolsonaro tem esvaziado o projeto que tinha como parceira a Unesco.

Segundo matéria da Folha Online, um dos editais, porém, ainda está mantido.

Anúncio:

O desligamento do Pacto faz parte da política do governo, que desmontou as secretarias da diversidade e direitos humanos, dominadas por círculos ideológicos. Apesar das descontinuidades aparentes do MEC, esses desligamentos ideológicos mantém-se desde a gestão de Vélez Rodrigues e foram comemorados pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Militantes e ativistas das causas da diversidade reclamam que a destituição da iniciativa irá atrapalhar a interligação dessas temáticas entre as universidades. Segundo reportagem da Folha, diversos projetos haviam sido criados como “Educação em Direitos Humanos”, “Bullying e Violência”, recebendo cada um cerca de R$ 300 mil.

Há ainda um edital que ficará vigente até fevereiro do ano que vem, no valor de R$ 1 milhão.

 

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.