Atentado contra cristãos no Sri Lanka deixa mais de 180 mortos nesse domingo de Páscoa

2
Anúncio:

Por volta das 8h45 desse domingo (21), uma série de explosões coordenadas visando três hotéis de luxo e três igrejas com fiéis celebrando a Páscoa, deixaram cerca de 185 mortos e 469 feridos no Sri Lanka, país insular do subcontinente indiano. Os ataques atingiram, simultaneamente, diferentes regiões da ilha.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, apesar de o Ministério da Defesa ter identificados os terroristas como extremistas religiosos. Em vista disso, é importante ressaltar que o episódio se insere em um contexto de crescente perseguição religiosa a cristãos naquele país. Segundo dados da Open Door USA, agência especializada nesse assunto, o Sri Lanka figura entre os 50 países do mundo que mais perseguem os cristãos. O Sri Lanka, que ocupa a posição 46 na lista, tem uma grande maioria de budistas que, segundo a Open Door, são os grandes agentes da perseguição.

Anúncio:

Ademais, todos os outros países daquela região (o subcontinente indiano) aparecem no ranking dos grandes perseguidores de cristãos:

  • Paquistão (5)
  • Índia (10)
  • Maldivas (14)
  • Nepal (32)
  • Butão (33)
  • Brunei (36)
  • Bangladesh (48)

Nesses países, os agentes da perseguição variam entre budistas, islâmicos e hindus. Para lista completa clique aqui.

Ainda sobre o massacre de hoje, o governo da ilha decretou um toque de recolher de 12h e bloqueou a internet do país.

 

Inscreva-se em nossa Newsletter e receba novidades por e-mail.